quinta-feira, 2 de abril de 2009

Catarina


Catarina tem olhos pequenos como as sementinhas de uma romã. É sardenta e fala coisas especialmente engraçadas quando ditas por uma garota de 8 anos. Gosta do seu mundo todo em preto e branco, embora se sinta feliz quando desenha castelos gigantes e coloridos com sua caixa de giz de cera. A pontinha de seu nariz é levemente avermelhada, dando a impressão de que a menina está sempre gripada. Talvez esse seja o seu charme, um tanto torto, mas um lindo charme.

Seu doce favorito é um doce no plural. São as famosas bolinhas feitas à base de leite condensado e chocolate, cobertas com granulado. Quase todas as tardes, ao final da aula de natação, a mocinha come alguns exemplares da sobremesa. E isso, nos vestiários, não passou sem ganhar gracejos vindos de seus colegas das piscinas, que apelidaram-na de Maria Brigadeiro. Ela não apreciou muito a alcunha, no entanto, também não reclamou.

Fica encantada quando senta na janela do ônibus e consegue avistar tudo o que se passa pelas ruas: pernas apressadas, pessoas sentadas na varanda, conversas entrecortadas, vitrines que atravessam rapidamente seu olhar, crianças brincando. Aliás, ela também é uma criança que costuma passar horas na rua se divertindo com os vizinhos. É esconde-esconde, pega-pega, barra-bandeira e mais um monte de passatempos com hífens.

Apesar da pouca idade, Catarina adora repetir a frase que mais sai da boca de sua mãe: "viver é muito perigoso." Mas talvez ela ainda não saiba o que um tal de Guimarães Rosa quis dizer com isso. Na verdade, nem Catarina nem eu.

7 comentários:

Laila disse...

Fazia tempo que não lia tanta coisa boa, que não via tanta beleza junta. Descobri esse blog ao acaso. Muito obrigada! Vocês fizeram meu dia mais feliz!

Por favor, escrevam mais e mais..

Ana Clara Clareou disse...

Eu tenho saudade dos passatempos com hífens. E tenho vontade de escrever bem como você. ( Acabei de postar no meu blog , fiz um esforço danado pra sair legal ,mas não ficou lá grandes coisas, preciso da sua inspiração e do seu dom.)

Créme de la Créme disse...

Que texto delicioso de se ler. Adorei!
Beijo

marcela dantés disse...

maria brigadeiro é um lindo nome.

Débora Cecília disse...

eu queria muito poder conhecer Catarina.

Cristina Casagrande disse...

Olá!

Que delicinha esse texto...Também me considero uma Menina de Lá, atrevo-me.

Tem uma loja que chama Maria Brigadeiro, ó: http://www.mariabrigadeiro.com.br/

=)

Ana Elisa Faria disse...

Todas somos Meninas de Lá. Sinta-se à vontade!

Pois é, Cristina, quando li uma matéria sobre essa loja fiquei encantada....daí para inventar um apelido pra Catarina foi rapidinho.

Volte sempre.

Um abraço,
Ana.